Caixa libera R$ 12 bi em recursos para o custeio antecipado do agronegócio

R$ 8 bilhões já foram emprestados desde dezembro, e expectativa é que todo o dinheiro seja emprestado até o final de abril


Fonte: Forbes


A Caixa Econômica Federal liberou o montante de R$ 12 bilhões em recursos para o Custeio Agro Antecipado, crédito que os produtores rurais do Brasil podem utilizar antes da divulgação do novo Plano Safra, de acordo com o Ministério da Agricultura ontem (22). Os recursos estão disponíveis para custeio, comercialização, industrialização e também para investimento.


Segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães, já foram emprestados R$ 8 bilhões desde dezembro de 2020, e a expectativa é ter os 100% dos R$ 12 bilhões emprestados entre o final de março e início de abril.


As taxas para os agricultores do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) são de 2,75% ao ano. Para os do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp), são de 4%, e demais produtores, de 5% ao ano. “Queremos beneficiar todos os segmentos, mas sem dúvida o pequeno agricultor é fundamental, porque a Caixa é o banco de todos os brasileiros, em especial dos mais humildes”, afirmou Guimarães.


O anúncio foi realizado pelo banco em evento transmitido pela internet, com a presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Sem dar mais detalhes, Guimarães disse que o objetivo é que a carteira de crédito rural da Caixa chegue a R$ 40 bilhões ao final de 2022. O banco também anunciou que abrirá 21 unidades especializadas no atendimento ao agronegócio. (com Reuters)


Fonte: Forbes

2 visualizações0 comentário