Guide vai receber aporte do grupo chinês Fosun, que já controla a corretora

Com o dinheiro, a ideia é lançar novos projetos, expandir a frente de assessoria em mais de cinco vezes, fortalecendo a rede de agentes autônomos de investimentos


Fonte: Valor Investe


A Guide Investimentos vai ganhar um reforço de capital dos acionistas do grupo chinês Fosun, que já detém a totalidade do negócio. Em 2019, houve um aumento de capital de R$ 100 milhões e agora em 2021 novos investimentos vêm para tecnologia e inovação, mas o valor não foi revelado. Esse será um impulso para que a corretora faça uma oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) em até três anos.

O novo plano de investimentos vem sendo discutido desde o segundo semestre do ano passado, quando no mercado chegou a ser cogitado que o Fosun colocaria à venda a Guide e a Rio Bravo no Brasil, outro negócio que comprou por aqui. Com o dinheiro, a ideia é lançar novos projetos, expandir a frente de assessoria em mais de cinco vezes, fortalecendo a rede de agentes autônomos de investimentos. Hoje, esse tipo de distribuição é liderado pela XP e com expansão a passos largos pelo BTG Pactual Digital, que entrou mais tarde nesse negócio. A Guide também pretende desenvolver um modelo de partnership, para que funcionários possam se tornar acionistas num prazo de cinco anos. Essa é uma forma tradicional de atrair e reter talentos. (Esta reportagem foi publicada originalmente no Valor PRO, serviço de informações e notícias em tempo real do Valor Econômico)


Fonte: Valor Investe

2 visualizações0 comentário