Herdeiras de Aloysio Faria discutem futuro de ativos

Filhas de banqueiro estruturam conselho para administrar negócios


Fonte: valor globo


Oito meses após a morte do banqueiro Aloysio Andrade de Faria, as herdeiras do Banco Alfa e de uma dezena de empresas, como a C&C, de material de construção, e a Agropalma, se estruturam em um conselho de família para administrar e avaliar o futuro dos negócios fundados por seu pai, que tinha uma fortuna estimada em US$ 1,7 bilhão no ano passado.


Fonte: valor globo

12 visualizações0 comentário