Resumo do mercado financeiro para a sua quarta-feira, dia 20!

Cenário brasileiro 🇧🇷


📉 O Ibovespa operou descolado de Nova York nesta terça-feira. Assim como o dólar e os juros, o índice brasileiro refletiu a cautela dos investidores em relação ao cenário doméstico.


🏦 Líder: as units do BTG Pactual (BPAC11▲3,12%) lideraram os ganhos do Ibovespa nesta sessão. Em seu segundo dia de alta consecutivo, a disparada do papel vem na esteira da abertura oficial do banco digital de varejo.


⛽️ Novo plano: em comunicado ao mercado, a Petrobras (PETR3▲1,25%, PETR4▲2,21%) e a Petros aprovaram uma nova versão para o plano Petros 3. De acordo com a companhia estatal, a expectativa é que a aprovação do plano aconteça até o próximo mês.


✔️ Follow-on: e ainda no setor petrolífero, o conselho da Petrorio (PRIO3▲0,91%) aprovou uma oferta subsequente de quase 30 milhões de ações, o que pode levantar mais de R$ 2 bilhões de capital para a companhia. A precificação está prevista para acontecer em 28 de janeiro.


💡 Elétrica: a Energisa (ENGI11▲0,23%) anunciou que a Blackrock passou a deter 5,02% das ações preferenciais da companhia.


⛏ Siderurgia: em zona de venda, as ações das siderúrgicas foram os grandes destaques negativos. A Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3▼5,71%) liderou as perdas do setor, seguido pela Usiminas (USIM5▼4,71%) e Gerdau (GGBR4▼2,95%).


🏢 Prévia operacional: em comunicado ao mercado, a Cyrela (CYRE3▼1,02%) registrou lançamentos no valor de R$ 2,8 bilhões referentes ao quarto trimestre de 2020 - uma alta de 105,6% se comparada com o mesmo período de 2019. As vendas líquidas foram avaliadas em R$ 1,8 bilhão - um aumento de 34% na base anual.


👮‍♂️ Seguradora: em reunião, Bruno Garfinkel, presidente da seguradora Porto Seguro (PSSA3▼0,56%), afirmou que a companhia cogita cisão da área de saúde. O banco BTG Pactual avaliou que a tese da seguradora está se tornando "mais interessante" e reiterou recomendação de compra, com preço alvo de R$ 62.


Cenário internacional 🇺🇸


📈 Em Wall Street, as ações subiram nessa terça-feira (19), com os investidores retornando de um longo fim de semana de feriado nos EUA. O mercado observou os sinais de apoio a um estímulo fiscal significativo de Washington. Cada um dos três principais índices avançou, e a Nasdaq superou com um salto de mais de 1%.


🚀 As ações de bancos subiram, principalmente depois que o Goldman Sachs, negociado no Dow Jones, divulgou resultados do quarto trimestre, superando as expectativas do mercado.


💰 O real teve o pior desempenho global nesta sessão. Um conjunto de fatores levaram a depreciação da moeda brasileira: atrasos da vacinação, falta de insumos para a campanha e preocupação com o teto fiscal. O dólar comercial encerrou o dia em alta de 0,77%, cotado a R$ 5,34.


Agenda do dia 📆


Internacional

Estados Unidos: posse do novo presidente Joe Biden; lucro líquido do Morgan Stanley.

Europa: índice de preço ao consumidor mensal.

Brasil

Fluxo cambial semanal; segundo dia de reunião do Copom e divulgação da nova taxa Selic.

1 visualização0 comentário